Em 2015 eu partilhei reflexões, sempre às quartas-feiras, a partir da quarta-feira de cinzas até ás vésperas da Páscoa

Este ano resolvi retomar: é a #quartaprapensar2018

Cada um expõe sua criatividade como quer e como pode. E não, não é uma competição.
Nesses 12 anos como blogueira e 17 anos como advogada sempre me expressei de uma forma que eu ficasse satisfeita, e olha que meu nível de exigência é grande, nunca fiquei me comparando a ninguém.

Leia também: Quarta pra pensar #1 Sucesso na vida

Antes de exercer sua criatividade, seja justo

Com o crescimento das redes sociais todo mundo compete, se acha influenciador e a tentação de pegar a arte bacana do coleguinha e divulgar como se fosse sua é grande.

Mas não te faz menor compartilhar algo que você endossa dando o crédito a quem levou tempo e criatividade fazendo uma arte.

Leia também: Copiaram meu conteúdo na Internet, e agora?

Quaresma pra você, é um convite?

Quando chega o tempo da quaresma, muita gente “religiosa” decide passar 40 dias sem comer doce, sem tomar refrigerante ou cerveja e até mesmo como faziam os antigos, decidem ficar sem comer carne.

O Padre Fábio de Melo, afirma que seria muito melhor se ao invés disso as pessoas decidissem na quaresma ficar por 40 dias sem fofoca, sem maledicência, e sem egoísmo.

Afinal, para Deus não faz muita diferença 40 dias de restrição alimentar se você continuar a ser reflexo do inferno na vida dos outros.

Na doutrina que eu escolhi seguir depois de adulta, a gente não precisa esperar a quaresma para se reformar, a reforma íntima é uma constante.

Mas como cresci na Igreja Católica essa época sempre me convida a refletir um pouco mais e ir um tantinho mais fundo na minha reforma.

Publicidade

Independente de religião

Seja qual for a sua, até mesmo se você for ateu, independente da época do ano é meio geral, para a maioria das pessoas o ano só começa depois do carnaval.

Lembra das suas metas de ano novo? Do seu desejo interno de melhorar em alguma área da vida ou em várias? Então, aproveita que o ano tá começando para se observar e colocar em prática o que você quer melhorar.

Um bom começo é dar créditos quando usa arte de alguém por exemplo, isso te faz um profissional melhor, mais respeitado inclusive.

Comece onde você está e com os recursos que você tem

Para se melhorar a primeira coisa é se observar, se perceber, reconhecer humildemente suas falhas e ir aos poucos se lapidando. Pense que ao fazer algo que beneficia alguém o primeiro a se beneficiar é você mesmo, se você não for um babaca quem ganha primeiro é você mesmo, sacou?

Reflete aí  e compartilhe sua opinião nas  redes sociais usando a hashtag #quartaparapensar2018.

Até quarta que vem!

Anna Carla

Santista ”da gema”. Uma mulher dos anos 50 nascida em 73. Mãe da Sofia desde 2004 e do Joaquim desde 2010. Advogada formada pela Universidade Católica de Santos desde 2001. Costumo dizer que me interessam coisas legais em sentido amplo e estrito. Amo gatos, plantas e vida simples. Escrevo por prazer.
Veja o perfil completo.


Anna Carla

Anna Carla

Santista ”da gema”. Uma mulher dos anos 50 nascida em 73. Mãe da Sofia desde 2004 e do Joaquim desde 2010. Advogada formada pela Universidade Católica de Santos desde 2001. Costumo dizer que me interessam coisas legais em sentido amplo e estrito. Amo gatos, plantas e vida simples. Escrevo por prazer. Veja o perfil completo.

Comente

error: Copyright © 2006 - 2018 por Anna Carla Lourenço do Amaral - Todos os direitos reservados.