— —

Verde novo em folha!

Ah, como é bom mexer na terra!
Ontem tirei a tarde para lidar com as plantas.
Comprei adubo, vasos maiores e dei a elas o que quero ganhar: mais espaço!
Precisa ver a alegria do lírio!
A orelha de gato então, chega a espreguiçar de contentamento!
A comigo-ninguém-pode ficou ainda mais forte e agora tá se achando o São Jorge da casa!

Foi muito gratificante e divertido porque tive ainda a companhia luxuosa de minha mãe, me ensinando as diferenças de planta de raíz e planta de batata (bulbo), como se deve conversar com cada uma, afinal a prosa tem de ser diferenciada, o jeito de podar também.

Perguntei: – “E a renda mãe? Vamos trocar de vaso?”

Com os olhos verdes arregalados ela disse segura: – “Não, nessa só se mexe no tempo certo que é agosto, daí ela desenvolve bonita. Minha mãe ensinou que se mexer fora de tempo periga não vingar, mesmo com adubo, conversa e carinho…Pra ela não enciumar, conversa com ela e coloca esse pouquinho de terra nova por cima do xaxim, depois molha e avisa que o tempo dela vai chegar.”

Santa sabedoria! E não é que a bichinha gostou?
Logo, logo terei um novo encontro com a terra.
Tá agendado, em agosto a renda me espera.
Anna Carla

Mãe, advogada e blogueira. Amo gatos, plantas e vida simples. Escrevo por prazer.

Comente