educação, música, para crianças

Educação Musical transmite mensagens e conceitos de forma lúdica

Uso consciente da água e hábitos de higiene dão ritmo às canções

Elas chegam um pouco tímidas, mas aos primeiros acordes do violão viajam com a música e viram o peixinho, o jogador e a sereia. Quando a aula termina, fazem carinho e dão beijinhos no instrumento. Entre rodopios e risadas, crianças a partir de 2 anos aprendem que é preciso fechar a torneira para não desperdiçar água e que não se deve jogar lixo no mar. E vão além: levam essas e outras mensagens para suas famílias.

As aulas de Educação Musical conduzidas pelo músico Cristiano Franco, mais conhecido como Tio Tite, na Escola Pecompê – Educação Infantil, seguem um método inovador: dispensam o aprendizado dos instrumentos, mas sensibilizam profundamente pelo conteúdo.

A inspiração veio com o nascimento da filha, Cecília, hoje com 4 anos, responsável por despertar o interesse do músico para temas lúdicos. “Eu mergulhei nesse universo infantil e vi o quanto as crianças absorvem das músicas. Passei a compor músicas para tratar de inúmeras situações da vidinha delas e do nosso mundo como um todo”, detalha ele.

Desde então, assuntos como falta de água, epidemia de dengue, educação no trânsito, consciência ambiental, boas maneiras e higiene pessoal dão o tom às músicas do Tio Tite. Numa linguagem direta, porém divertida, as crianças são apresentadas a números, formas, cores e demais conceitos, aumentando o vocabulário e descobrindo mais sobre seu universo.

O trabalho também é inserido em projetos da escola, como o Saída Segura, que surgiu da necessidade de orientar sobre respeito e cidadania no momento em que os pequenos deixam a unidade. “Nós precisávamos sensibilizar os pais, para preservar a segurança das crianças na hora da saída. O Tio Tite fez a música e é um sucesso, porque as crianças entendem a mensagem e isso reverbera com os familiares”, enfatiza Paula Barbato, pedagoga e diretora pedagógica da Pecompê.

Para comprar online acesse: http://rede.natura.net/espaco/annacarla
Publicidade

 

Diferenciais

Trabalhar a música é importante também para o desenvolvimento das crianças. Isso porque a audição é o primeiro sentido a ser desenvolvido, ainda no útero materno. Estudos apontam que crianças com algum aprendizado musical antes dos 5 anos apresentam a área frontal do cérebro (responsável pelo conhecimento lógico e abstrato) mais desenvolvido.

“Esse contato favorece a expressão corporal, a atenção, a coordenação motora, a linguagem, a memória e a motricidade. A melodia, o ritmo e a letra despertam sentimentos. É uma forma de comunicação harmoniosa, pois transmite segurança emocional às crianças; elas compreendem e são compreendidas”, enumera Andrea Yamazawa, psicóloga clínica e escolar especializada em Neuropsicologia e Psicopedagogia.

Benefícios

Os benefícios de se despertar o gosto pela música desde cedo são: estimulo à inteligência, ao raciocínio lógico e abstrato; melhorar a atenção e estimular a memória; despertar a criatividade; ajudar na expressão de sentimentos; favorecer a linguagem; e facilitar a alfabetização. “Há muito que se aprender com a música. Inclusive com crianças maiores, cujo ensino mais técnico pode ser vantajoso para o aprendizado da matemática. Para os especialistas, a música é matemática pura”, finaliza Andrea, que atua na Pecompê.

Enquanto cursa Pedagogia, para aperfeiçoar seu método de ensino musical, Tio Tite trabalha na produção do primeiro CD, com músicas infantis de sua autoria e que já são sucesso entre os pequenos. “Essas aulas me proporcionam uma troca muito grande. As crianças conseguem entender todos os recados das músicas, desde a letra que fala sobre o cuidado nas escadas até a que enfatiza as palavrinhas mágicas”, conta ele, que recebe cartinhas e desenhos dos alunos e os guarda na caixa junto com o violão.

 

A escola

As aulas de música estão na grade curricular da Pecompê e a partir do ano que vem devem envolver também as crianças de 1 ano. “É uma atividade muito esperada pelos pequenos. Eles dançam, cantam, se divertem muito. No ano que vem, iremos trabalhar conteúdos pedagógicos nas músicas, para aproveitar todo o potencial dessa linguagem”, adianta Paula.

A Escola Pecompê – Educação Infantil foi fundada em 2000 pelas gêmeas e pedagogas Patricia e Paula Barbato. A unidade adota o Sistema de Ensino Dom Bosco by Pearson, cujo objetivo é incentivar nas crianças o gosto pelas descobertas. Atende do berçário ao último ano da Educação Infantil. Oferece aulas curriculares de música, inglês, educação física, dança, futebol e jardinagem. Como atividades extras, é possível fazer capoeira, circo, culinária, crossfit kids, judô, robótica e teatro. Funciona na Rua Álvaro Alvim, 98, Embaré, em Santos.

Com informações de Fabiana Honorato

 

 

Anna Carla
Mãe, advogada e blogueira. Amo gatos, plantas e vida simples. Escrevo por prazer.

Comente