entretenimento

É dia do amigo, que tal fazer novos?

Estreou no último dia 14 a série original Netflix “Friends from College”, acho que fiz novos amigos

Como boa quarentona sou super fã de Friends, me senti órfã quando acabou, porque cresci com eles, cheguei a idade adulta na mesma época e vivi boa parte daqueles conflitos, obviamente dentro da minha realidade no Brasil.

Depois assisti How I met your mother, que parecia ter sido uma série feita sob medida para matar as saudades dos fãs de Friends, o barzinho no lugar do café, os conflitos um pouco mais adultos mas ainda bem juvenis na mesma Nova Iorque.

Uma saudade difícil de aplacar

Fãs das duas séries vivem se estranhando nas redes sociais afora sobre qual é a melhor série sobre amizade, e a Netflix se valeu disso por muito tempo e garantiu uma audiência fiel para ambas as séries que foram disponibilizadas na íntegra no streming.

Muito se especulou sobre um reencontro de Friends, mesmo em um longa metragem, mas sinceramente eu acho que não faria muito sentido.

E de olho nesse nicho, a Netflix elaborou uma série original mirando esse público, órfão e insaciável: Friends from College.

Sobre a série

Foi criada por Nicholas Stoller e Francesca Delbanco e a primeira temporada consiste em oito episódios de meia hora cada.

A história acompanha o reencontro de seis amigos que passam a morar na mesma cidade, Nova Iorque obviamente, 20 anos depois de terem se conhecido em Harvard.

O elenco  é formado por Keegan-Michael Key que faz Ethan,  Cobie Smulders, ex Robin Scherbatsky,  na pele de Lisa, Annie Parisse como Sam, Fred Savage como Max , Nat Faxon como Nick e Jae Suh Park como Marianne .

Para comprar online acesse http://rede.natura.net/espaco/annacarla
Publicidade

Críticas

O pessoal tem criticado bastante, dizendo que esperava mais, mais humor e etc, o Adoro Cinema classificou inclusive como ruim.

Na minha opinião penso que os autores se perderam um pouco querendo fazer um humor parecido com as referências (Friends , HIMYM, tendo em vista o personagem de Keegan-Michael Key ser um misto equivocado de Chandler Bing e Barney Stinson), aliás acho um erro tentar fazer uma série sobre pessoas de 40 anos focada apenas no humor. Creio que seja o resultado de uma série feita sob encomenda, afinal nem toda encomenda resulta em um  sucesso como House of Cards.

Sem reservas

Meu conselho para  você é assista sem reservas, sem comparar com uma ou outra série, e veja uma Cobie Smulders bem diferente da Robin, e se envolva nos conflitos mais adultos e não dê muita atenção aos clichês de comédias tradicionais, ou se preferir pode brincar de bingo com isso, vai encontrar praticamente todos.

Quarenta

Se você está nesta faixa etária vai se identificar com alguns pontos da série, como por exemplo o fenômeno da adolescência tardia quando acontece um reencontro com velhos amigos, fazer terapia, casamento bom e ruim, conflitos profissionais, vontade de mudar e jogar tudo pro alto e medo de fazer isso e das consequências de um ato como esse.

Potencial

Acho que Friends from College tem potencial para arrebanhar  o público órfão de Friends, especialmente  se os autores investirem mais nos temas da vida adulta e encontrarem um timing de humor próprio e inovador.

A primeira temporada de Friends from College está disponível na íntegra na Netflix, acho que vale uma olhada despretensiosa.

Até qualquer hora!

Anna Carla

Mãe, advogada e blogueira. Amo gatos, plantas e vida simples. Escrevo por prazer.

1 thought on “É dia do amigo, que tal fazer novos?

  1. Eu realmente não sou fã deste tipo de série (e olha que acompanho cerca de vinte seriados), mas eu acho que esta série vai agradar bastante os fãs de Friends, tenho lido boas críticas nessa direção!
    Beijos! 😉

Comente