Eu me pergunto: perdemos a capacidade de abandonar um entretenimento ruim?

Será que a disponibilidade do “streaming” está tolhendo nosso senso crítico?

CC0- Public Domain

Se você acompanha o Caderno já está “careca de saber” que eu curto, e muito, um entretenimento doméstico, novelas, filmes, séries…

E o streaming veio para ajudar muito a gente nessa empreitada de consumir o entretenimento quando e como a gente quizer.

Eu particularmente adoro esse tipo de entretenimento, acho maravilhoso poder assistir o capítulo da novela no dia seguinte, por exemplo, depois de mandar as crianças para escola ou ter a minha série preferida passando no Ipad enquanto preparo o almoço ou jantar deles.

Para comprar online acesse http://rede.natura.net/espaco/annacarla

Publicidade

Estou sempre atenta aos lançamentos da Netflix, acompanhando tudo, fico na expectativa da estréia das novas temporadas das minhas séries preferidas, se você me segue lá no Face sabe que eu compartilho direto esse tipo de novidade assim que fico sabendo.

Sou de maratonar no fim de semana, recentemente fiz isso com a terceira temporada de Grace & Frankie, com a segunda de The Get Down,  e as estreantes Iron Fist 13 Reasons Why,  que oportunamente escreverei sobre.

Leia também:

5 motivos para assistir Grace & Frankie

Assisti Iron Fist e cheguei à conclusão: todos amam Claire!

O que me chamou atenção no último fim de semana com estréia de #Girlboss  (que por sinal tentei assistir mas não consegui passar dos primeiros minutos do segundo episódio, assim como Santa Clarita Diet, com perdão à minha linda e excelente atriz Drew Barrymore)  e houve uma enxurrada de críticas à série, à pessoa Sophia Amoruso, aos seus métodos “pouco ortodoxos” de empreender, ao fato da série versar essencialmente sobre white girl problems e etc…

Ou seja, a galera no geral, pelo menos na minha timeline do face, se mostrou bem insatisfeita com a série, que apesar de ter o selo Netflix de qualidade, pelo menos  no que tange à produção e fotografia, e  quanto a isso parece ser bem ok.

Contudo, essa turma toda continuou assistindo, mesmo reclamando do enredo, da protagonista ser insuportável e etc…

Isso me colocou pra pensar: Será que a disponibilidade de filmes, novelas e séries em streaming está interferindo na nossa capacidade de discernir o que é bom ou ruim para o nosso gosto?

Até que ponto a voz que nos é concedida na internet e nas redes sociais nos “obriga” a ver algum entretenimento para publicar a nossa opinião ou ainda por conta da máxima dos maratonistas de séries “se você não gostou é porque não viu direito”?

Aí como temos um “microfone na mão” temos que ver até o final para  poder opinar.

Será que não estamos todos querendo formar opinião demais, nos preocupando mais com o reflexo das nossas publicações em posts, redes sociais e blogs e dando menos importância ao que realmente achamos de determinado programa ou série?

 Se eu vi alguma série é porque ela me prendeu de verdade e se eu recomendei de algum jeito, aqui no blog, na fanpage no face  pode confiar que é bacana porque meu tempo é precioso demais para gastar com o que não me agrada.

Afinal, entretenimento pra ser bom de verdade tem que entreter!

Até qualquer hora!


Anna Carla

Santista ”da gema”. Uma mulher dos anos 50 nascida em 73. Mãe da Sofia desde 2004 e do Joaquim desde 2010. Advogada formada pela Universidade Católica de Santos desde 2001. Costumo dizer que me interessam coisas legais em sentido amplo e estrito. Amo gatos, plantas e vida simples. Escrevo por prazer. Veja o perfil completo.

1 Comentário

Priscila Fernadez · 08/05/2017 às 11:47 pm

Eu amo a serie the get down , mais a segunda temporada só teve apenas 5 episodios fiquei triste rs…

amei o artigo e acompanho sempre que posso !

Comente

pt_BRPortuguese (Brazil)
pt_BRPortuguese (Brazil)
%d blogueiros gostam disto: