Fonte: Pixabay  CC0 Public Domain

Em que ponto do caminho nos tornamos tão inseguros?

Ontem foi o dia que eu chamei de “dia internacional da seta diagonal” isso porque por conta as mudanças anunciadas no Instagram muitos perfis publicaram ao invés de suas fotos costumeiras uma imagem com uma seta diagonal pedindo para que seus seguidores ativassem as notificações para “não perder nenhuma das minhas atualizações” “ficar por dentro de cada foto publicada” “não perder nadinha”. Eu assisti aquilo na minha timeline, um monte de imagens iguais que pensei “what the f…?” e me deu uma súbita vontade de dar unfollow em todo mundo mas, me segurei.

Veja mais em http://cadernodecabeceira.com

Pensei: “estão todos inseguros por conta das mudanças” , quando as coisas mudam é normal pintar uma certa insegurança, especialmente quando se fala de grana. Não, não vamos nos enganar aqui. A maioria dessas pessoas produz conteúdo para vender alguma coisa, notícias, produtos, resenhas ou até mesmo a própria imagem.

Quando o Facebook comprou o Instagram em 2012 eu tinha a mais absoluta certeza de que cedo ou tarde isso aconteceria. O tio Mark tem tanta grana e é tão bem sucedido  por causa disso, ele não deixa passar nada desses paranauês de marketing, ele pensa “quer rir aqui na minha área, então tem que fazer rir primeiro”, e ele está certo. Acho que as mudanças servem para que As Lojas Americanas, por exemplo, seja obrigada a pagar para aparecer mais.

Basicamente a mudança é que ao invés de as fotos aparecerem para você em ordem cronológica elas aparecerão em ordem de relevância, teoricamente o que você curte mais vai aparecer primeiro. Logo se você me segue no Instagram, curte as minhas fotos eu vou continuar aparecendo para você. Não tenho com o que me preocupar, basta continuar produzindo um conteúdo legal para que vocês continuem me curtindo que eu vou continuar aparecendo.

Muitos não entenderam essa lógica, teve até abaixo assinado para que as mudanças não fossem implementadas, e ao que tudo indica conseguiram, apenas adiar as mudanças.

Aparentemente as pessoas deixaram de colocar fé no seu próprio taco, e esquecendo um pouco o motivo do clique no coraçãozinho, seu conteúdo tem que ser bom, tem que tocar alguém. Infelizmente na atualidade nos vemos inseguros, com uma avidez por cliques e likes, porque existe uma ilusão alimentada pelas marcas de que você só é digno de ser contratado se tiver muitos likes, e no desespero tem gente até que compra.

Veja mais em http://cadernodecabeceira.com

Esses dias pintou um texto meio antigo do Armindo Ferreira na minha timeline do Facebook, aliás recomendo muito a leitura, no qual ele joga essa pergunta no ar: “Quando viramos zumbis comedores de likes, assinantes e views?” 

http://rede.natura.net/espaco/annacarla

Publicidade

E eu te pergunto: se isto te aconteceu, quando foi? Faz uma retrospectiva e analisa friamente se você deixou de produzir seu conteúdo com capricho, com amor no seu coração ou com vontade de produzir? Se a sua resposta for não, se em nenhum momento você se deixou contaminar por um zumbi e continua produzindo um conteúdo de boa qualidade, você não tem com o que se preocupar, quem gosta de você vai continuar gostando, não precisa pedir pra clicar nos três pontinhos não.

Aliás acho muito perigoso esse negócio de pedir notificações, para mim não há nada mais invasivo do que meu celular apitando a todo instante com notificações, como disse a Tatiana do Panelaterapia, é um verdadeiro pé no saco! As chances das pessoas deixarem de gostar de você depois de ativarem as notificações são bem, bem grandes. Já dizia minha avó: “cuidado com o que você deseja.”

 


Anna Carla

Santista ”da gema”. Uma mulher dos anos 50 nascida em 73. Mãe da Sofia desde 2004 e do Joaquim desde 2010. Advogada formada pela Universidade Católica de Santos desde 2001. Costumo dizer que me interessam coisas legais em sentido amplo e estrito. Amo gatos, plantas e vida simples. Escrevo por prazer. Veja o perfil completo.

2 Comentários

Natieli · 29/03/2016 às 3:58 pm

Olá! Eu concordo em tudo o que tu falou aqui! Ontem eu estava agoniada com o tanto de fotos de seta no meu Instagram, sério! Era gente atirando pra todos os lados, pensei mesmo em dar Unfollow numa galerinha. Mas quem te segue, segue porque gosta do que tu publica, e sempre vai estar indo no seu ig conferir quais as novidades, não entendo o motivo de tanta preocupação, o povo passou dos limites. Vergonha alheia as vezes! hahahahah Beijos!

    Anna Carla · 29/03/2016 às 4:57 pm

    Acho que a medida é pra separar o joio do trigo, se você quizer vender primeiro vai ter que comprar, simples assim, regra de mercado. Mas tem blogueir@ pedindo pra ativar as notificações porque quer continuar tendo atenção em cada passo que dá, pura vaidade, e não necessariamente pra vender algum produto. Eu já investi em publicidade no Facebook pra promover posts patrocinados, acho justo, é um investimento que se tem retorno. Beijos!

Comente

pt_BRPortuguese (Brazil)
pt_BRPortuguese (Brazil)
%d blogueiros gostam disto: