dica de mãe

Evento de mães debate sobre a importância do brincar

 

No último dia 08 de julho estive, a convite da Irene do Minuto Criança e da Thais do Brincar em Santos, no Buffet Conte Outra Vez e participei do 2º Encontro de Mães Blogueiras. Naquela oportunidade assistimos uma palestra, muito proveitosa, da psicóloga Kátia Moreschi sobre a importância do brincar na infância.

Quem acompanha o blog sabe que este não é um espaço exclusivo sobre maternidade, bebês e crianças. Contudo, sendo este, em essência,  um blog pessoal, como eu também sou mãe de dois, eventualmente vocês encontram aqui posts sobre assuntos que envolvem algumas questões relacionadas a este tema.

Já tem algum tempo que conheço a Irene virtualmente, temos alguns assuntos em comum além dos filhos (ela também tem um casal), ela também é paciente de AR e por isso nos falávamos com alguma freqüência pelo Facebook. Já a Thais, conheço desde que o Brincar em Santos era só uma página no Facebook, tivemos o primeiro contato em um evento muito bacana da Chefe de Papinha.

No primeiro evento não tive como ir, as crianças tiveram uma festa infantil no mesmo dia. Desta vez, a proposta do evento que incluía as crianças que estão em férias, além do tema interessante da palestra me motivaram a reorganizar minha rotina e me disponibilizar numa tarde de quarta-feira.

Agradeço o convite às meninas, epecialmente pela oportunidade de conhecer o Buffet Conte Outra Vez. Vale destacar o atendimento do buffet, a qualidade do que foi servido e especialmente os monitores super atenciosos com as crianças num espaço lúdico e agradável, tudo isso por um preço bem amigo.

À esquerda Érika Fonseca do Mamãe na Penteadeira, à direita a psicóloga Katia Moreschi
À esquerda Érika Fonseca do Mamãe na Penteadeira, à direita a psicóloga Katia Moreschi.

Enquanto as crianças se divertiam, nós participamos de um bate papo descontraído com a psicóloga Kátia Moreschi, sobre a importância do brincar na infância.

Na conversa ela acentuou que o brincar é uma fonte de aprendizado e desenvolvimento para as crianças e que em cada faixa etária a criança utiliza cada brincadeira e cada brinquedo como ferramenta para atingir níveis importantes de desenvolvimento social e emocional.

Na conversa ela mencionou a importância de cada fase, desde o objeto de transição, a chamada naninha, até os  jogos eletrônicos que podem, se utilizados com parcimônia e na fase correta, ajudar no desenvolvimento intelectual já que muitos jogos se utilizam de estratégia.

Falou também da importância da brincadeira em grupo e de como é importante jogar para aprender também a perder e a lidar com frustração.

No debate concluímos que, a criança que aprende brincando que está tudo bem perder de vez em quando, se torna um adulto mais bem preparado para a vida e para o mundo.

nature

Brincando a criança ensaia para a vida. Ao sentarmos no chão para brincar com os nossos filhos estamos dando a eles e a nós mesmos a oportunidade de aprender mais sobre o outro e, sem dúvida, brincando se ensina muito mais facilmente as regras sociais e conceitos básicos de educação. Sem contar que é muito mais prazeroso para pais e filhos educar/ser educado desta forma!

O bate papo rendeu bastante, muitas mães aproveitaram para trocar figurinhas e falar das dificuldades que enfrentam no dia -a -dia com as crianças.

2º Encontro de Mães Blogueiras
2º Encontro de Mães Blogueiras

Gostei bastante do evento em si, especialmente porque tive a chance de reencontrar algumas colegas, de conhecer outras mães bacanas e desvirtualizar amizades a exemplo da própria Irene e da Evelyn Agria ( e sua fofíssima filha Marina~~~~~~pausa para arco-íris de fofura ~~~~~~~~) do blog Pra Falar de Filho e suas companheiras de jornada Dandara e Cauana.

E você, tem filhos? Brinca bastante com eles? Me conta nos comentários!

Até a próxima!

Anna Carla

Mãe, advogada e blogueira. Amo gatos, plantas e vida simples. Escrevo por prazer.

2 thoughts on “Evento de mães debate sobre a importância do brincar

  1. Adorei o artigo. Aqui em minha casa eu e meu marido estimulamos nossos filhos com brincadeiras, cantos, e percebemos que o desenvolvimento deles é muito maior do que os filhos das minhas amigas.
    Não gosto de comparar filhos, mas acredito que a criança que se socializa nas escolinha com as outras acaba descobrindo novos sentimentos.
    Obrigado por trazer esse tema e nos mantenha informado…parabéns pelo seu rico trabalho.

Comente