entretenimento

Sansex inicia sua Mostra da Diversidade  Sexual em Santos nesta quinta-feira

Mostra  da Diversidade Sexual de Santos inicia na próxima quinta-feira 07/05
MADAME SATA
A SANSEX- Mostra da Diversidade de Santos,  acontece a partir do dia 7 de maio (quinta-feira) e promove a discussão sobre a diversidade sexual na região. A programação envolve cinema, teatro, artes visuais e ações culturais.
Valorizar produções artísticas, modificar paradigmas e promover discussões sobre a sexualidade humana. Essa é a missão da Sansex – Mostra da Diversidade Sexual de Santos.
A programação, voltada a todos os públicos, estará no MISS (Museu da Imagem e do Som), SESC Santos, Estúdio Tescom e espaços alternativos.
As ações pretendem reunir cineastas, estudantes, pesquisadores, artistas, militantes, comunidade LGBT e público em geral interessado na temática, por meio das diversas linguagens artísticas.
Entre as atividades programadas, destacam-se o espetáculo teatral Madame Satã ou me desespero por notícias suas  – Cia os Crespos, a  exposição Museu da Diversidade Sexual –  Moda & Diversidade,  o lançamento do livro  O Reconhecimento dos direitos humanos LGBT, o espetáculo teatral aGotas de Codeína, sessões de cinema no MISS, Lançamento da Edição Especial da Sanatório Geral com o tema Dia mundial contra homofobia, Espetáculo No na Garganta entre outros.
A realização e da Superbacana Produções, Olhar Caiçara e Revista Sanatório Geral, parceria SESC Santos, Museu da Imagem e do Som,  Museu da Diversidade, Assessoria de Generos e Etnias( SP), Governo do Estado de São Paulo,  Prefeitura Municipal de Santos, Bazar Cafofo.
 compre aqui
Veja a programação completa da SANSEX:
PROGRAMAÇÃO SANSEX 2015
07.05.2015 a 13.05.2015
CINEMA // LONGA
MISS – MUSEU DA IMAGEM E DO SOM
(av. Pinheiro Machado, 47 – Centro de Cultura Patrícia Galvão)
Horários 16h – 18h – 20h de 07 a 13 de MAIO
(sendo que no dia 08.05 não terá a sessão das 20h)
Ingressos: Inteira: R$ 3,00 Meia R$1,50
O AMOR É ESTRANHO (Love is Strange)
Ben (John Lithgow) e George (Alfred Molina) formam um casal há quatro décadas. Quando finalmente decidem se casar, a cerimônia é aprovada por amigos e familiares, mas acaba levando George a perder o seu emprego. Sem dinheiro, os dois são obrigados a viver separadamente até conseguirem vender a casa e comprar outra mais barata. A nova vida em lares provisórios torna-se bastante desgastante para o casal e para os amigos envolvidos.
Ira Sachs, Drama, EUA/França, 2014, 1h35m, Não recomendado para menores de 12 anos
08.05.2015 – SEXTA-FEIRA
MISS – MUSEU DA IMAGEM E DO SOM
(av. Pinheiro Machado, 47 – Centro de Cultura Patrícia Galvão)
Horário: 20h // Entrada Franca
ARTES VISUAIS
Exposição Museu da Diversidade Sexual –  Moda & Diversidade
“Moda & Diversidade”: A exposição “Moda & Diversidade” transformou editoriais de moda da revista ffwMAG! em mais de 34 imagens que simbolizaram questões etnicorraciais e a diversidade sexual, em uma união entre moda e arte. A mostra contou com a curadoria de Paulo Borges – um dos criadores da São Paulo Fashion Week – e explorou temas universais como o amor, representado pelas relações entre casais – heterossexuais e homossexuais –, e a transexualidade, retratada pela modelo internacional Lea T, filha do ex-jogador de futebol Toninho Cerezo. Neste último, as imagens celebraram a inclusão de transexuais no mundo da moda, abrindo as possibilidades para o segmento.
LITERATURA
Lançamento do livro  O Reconhecimento dos direitos humanos LGBT da autora Patricia Gonish
A promessa de um futuro diferente, onde todas as pessoas nascem livres e iguais em dignidade e direitos, está por vir.É assim que Patrícia Gorisch termina este belo trabalho, em que traça a trajetória de um segmento da população que sempre foi condenada à invisibilidade, à exclusão social.
Coragem e sensibilidade não faltam à autora que examina, com especial habilidade, a Resolução do Conselho de Direitos Humanos da ONU, de junho de 2011, que, pela primeira vez na história, declarou que os direitos LGBT são direitos humanos.
ENCONTRO UP Humanização e Treinamento
Apresentação da empresa santista que busca acompanhar a evolução da
sociedade. Ela nasceu do desejo de construir uma sociedade mais justa, solidária, plural e
igualitária, livre de quaisquer formas de preconceito, como preceitua a nossa Constituição
14.05.2015 a 20.05.2015
CINEMA // LONGA
MISS – MUSEU DA IMAGEM E DO SOM
(av. Pinheiro Machado, 47 – Centro de Cultura Patrícia Galvão)
Horários 16h – 18h – 20h de 07 a 13 de MAIO
(sendo que no dia 15.05 não terá a sessão das 20h)
Ingressos: Inteira: R$ 3,00 Meia R$1,50
JOVEM ALOUCADA (Joven y Alocada)
Daniela (Alicia Rodríguez) é uma garota de 17 anos que foi criada em uma família evangélica, em Santiago, capital do Chile. Com uma rebeldia nata, ela não encontra uma válvula de escape, a não ser se envolver em diversas aventuras sexuais e depois partilhar tudo em um blog. Após uma noite de muitos excessos, Daniela sofre as consequências do que fez quando seus pais a castigam e entra em profundo autoquestionamento existencial.
Marlaly Rivas, Drama, Chile, 2012, 1h32m, Não recomendado para menores de 18 anos.
14.05.2015 – QUINTA-FEIRA
TEATRO
SESC SANTOS / AUDITORIO
(Av. Conselheiro Ribas, 136)
Horário: 20h30 // Inteira: R$ 17,00 Meia: R$ 8,00 Credencial do Sesc: R$ 5,00
ESPETÁCULO: Cartas a Madame Satã ou me desespero por notícias suas  – Cia os Crespos
Cartas a Madame Satã ou me Desespero sem Notícias Suas é a terceira peça da trilogia Dos Desmanches aos Sonhos, da Cia. Os Crespos, formada por atores saídos da EAD (Escola de Arte Dramática) da USP (Universidade de São Paulo).
Em pauta, no palco, a afetividade, a negritude e o gênero. Tudo misturado em potência poética. Aquele jovem lá fora e que agora chega ao palco é negro. E homossexual. Em um instigante e potente cenário, mérito de cuidadosa e propositiva direção de arte de Antonio Vanfill, há aparelhos televisores que multiplicam tudo, a fala e as emoções. Pós-moderno o ator se grava e se exibe, dando potência a seu discurso neste mundo que exige a representação tecnológica para que algo seja concreto, por mais absurdo que isso possa parecer.
Não recomendado para menores de 14 anos
15.05.2015 – SEXTA-FEIRA
CINEMA // CURTA
MISS – MUSEU DA IMAGEM E DO SOM
(av. Pinheiro Machado, 47 – Centro de Cultura Patrícia Galvão)
Horário: 20h // Entrada Franca
A ALA
Liz, Paola, Sebastião, Lana, Vanessa E Charles Estão Detidos Em Uma Ala De Um Presídio Em Minas Gerais. Os Presos Falam Sobre Conflitos, Amores E Decepções Decorrentes De Passagens Anteriores No Convívio Masculino E Da Rotina Na Chamada ‘Ala Gay’, Experiência Pioneira No Sistema Prisional Brasileiro. O Documentário Mostra Os Pontos De Vista Das Pessoas Detidas Nessa Ala, Enquanto Aguardam Decisões Judiciais Sobre As Acusações Que Respondem Por Crimes Como Furto, Roubo, Receptação E Tráfico De Drogas. Conflitos Entre Pessoas De Diferentes Gêneros E Orientações Sexuais Motivaram A Implantação Das Primeiras Alas Lgbt Do País.
Fred Bottrel, documentário, Belo Horizonte/MG, 2014, 17’00”, Não recomendado para menores de 12 anos.
DAMA DA NOITE
Dama Da Noite É Baseado Na Adaptação Teatral Para O Conto Homonimo De Caio Fernando Abreu, A Personagem E As Angústias De Um Ser Humano Que Não Se Sente Inserido No Mundo Que Vê E Vive. Protagonizado pelo ator Luiz Fernando Almeida
Dino Menezes, ficção, Santos/SP, 2014, 11’00”, Não recomendado para menores de 16 anos.
AMANHÃ JÁ É OUTONO
Uma Noite De Amor. Uma Carona. O Nascimento Da Paixão Entre Duas Mulheres.
Luciana Bezerra, ficção, Rio de Janeiro/RJ, 2014, 17’00”, Não recomendado para menores de 16 anos.
MADONA E A CIDADE PARAÍSO
É Dia De Festa E A Cidade Precisa Esconder Sua Sujeira.
André Aragão, ficção, Aracajú/SE, 2014, 23’00”, Não recomendado para menores de 14 anos.
TEATRO
Horário: 21H  // INGRESSOS: Inteira R$ 40,00, Meia: R$ 20,00 e Classe Artística R$ 10,00
ESPETÁCULO: Gotas de Codeína – Superbacana Producoes
Conta a his­to­ria de Cesar, um homem comum, que apa­renta estar con­tente com a vida que leva, mas que no fundo está pro­fun­da­mente depri­mido. A peça revela inti­mi­da­des de um homem que vive atrás de más­ca­ras, sem cora­gem de assu­mir seu ver­da­deiro “Eu”. Cesar, como tan­tos outros, já não suporta mais con­ti­nuar e pensa em aca­bar com a pró­pria vida. A pla­teia é con­vi­dada a com­par­ti­lhar de alguns momen­tos coti­di­a­nos do per­so­na­gem, enquanto reflete sobre ques­tões como amor, famí­lia, sexu­a­li­dade e feli­ci­dade. Até que ponto pode­mos fugir do que real­mente somos? Vale a pena viver uma vida pela metade? Com Luiz Fernando Almeida. Direçao Kadu Verissimo e Paula D’Albuquerque
Lota­ção: 10 pes­soas por ses­são. E neces­sá­rio reser­var ingres­sos.
O espe­tá­culo e ence­nado den­tro de um apar­ta­mento no Gon­zaga em San­tos Para mai­o­res infor­ma­ções, reser­vas , envie men­sa­gem inbox na pagina
Não recomendado para menores de 18 anos
16.05.2015 – SÁBADO
TEATRO
MISS – MUSEU DA IMAGEM E DO SOM
(av. Pinheiro Machado, 47 – Centro de Cultura Patrícia Galvão)
Horário: 15H  // INGRESSOS: Entrada Franca
LEITURA DRÁMATICA: É doce ou Salgado? Um espetáculo para temperar sua Infância
A Rainha Açúcar e Rainha Sal entram em guerra no reino da comida para que todos os alimentos e temperos decidam se são salgados ou doce porém a Pimenta luta para que cada um possa ser o que quiser, doce ou salgado. O espetáculo “É Doce ou Salgado?” trata de uma forma lúdica o tema de igualdade de gêneros, fundamental para as sociedades democráticas e igualitárias, aqui a personagem Pimenta, que se denomina hora do sexo masculino e outra do feminino, trava uma luta importante para que todos possam ser o que quiserem, para uma igualdade de oportunidades de participação, reconhecimento e valorização.
Classificação Livre
TEATRO
ESTÚDIO TESCOM (Av. Cons. Rodrigues Alves, 195)
Horário: 21H // INGRESSOS: Inteira: R$ 20,00 Meia: R$ 10,00
ESPETÁCULO: Nó na Garganta – Grupo Tescom e Cia Trilha de Teatro
Até que ponto a realidade virtual facilita ou distorce os desejos das pessoas? Esta é a questão que permeia o espetáculo ‘Nó na Garganta’, da Companhia Trilha de Teatro e Grupo TESCOM.
Na trama, encontros e desencontros criados a partir de uma vida paralela, vivida com pseudônimos e histórias inventadas. Até que ponto a tecnologia realmente aproxima as pessoas ou evidencia a solidão?
Não recomendado para menores de 16 anos
17.05.2015 – DOMINGO
ARTES VISUAIS
Lançamento da Edição Especial da Sanatório Geral com o tema Dia mundial contra homofobia  no site www.revistasanatóriogeral.com.br

Este post integra o Banco de Textos e foi enviado por Superbacana Produções.

Contribua você também com o nosso conteúdo. 

Clique aqui e saiba mais.

Anna Carla

Mãe, advogada e blogueira. Amo gatos, plantas e vida simples. Escrevo por prazer.

Comente