Aqui em casa apenas a minha menina de 9 anos tem lição de casa todos os dias (!), o pequeno ainda está no maternal e não tem atividades para casa com freqüência.

Minha filha é inteligente, tira boas notas mas como boa parte das crianças do mundo, detesta fazer lição de casa e este momento estava sendo, na maioria das vezes, dramático. Como fazer uma criança largar o Ipad, a boneca preferida, os gibis ou o programa favorito na tevê para cumprir uma “obrigação”?

Lição de casa
Venho nos últimos meses tentando estabelecer mudanças na rotina de estudos da minha filha, especialmente porque ela tem um irmão de 3 anos que solicita sua atenção e, querendo participar do momento, acaba atrapalhando e e se tornando mais uma fonte de stress para mãe e filha.

Primeiro é preciso fazer a criança compreender que a lição de casa tem uma utilidade muito importante: fixar os conhecimentos adquiridos em sala de aula. Logo, quanto mais a criança se dedicar às tarefas de casa melhor preparada ela estará para as avaliações.

Segundo a diretora da escola dos meus filhos, os melhores alunos da instituição que se qualificaram bem nos vestibulares são o que ela chamou de  “alunos de ano inteiro”, segundo ela estes alunos que buscaram excelência na execução das tarefas de casa não sentiam necessidade de preparar-se para as provas na véspera, como a maioria costuma fazer.

Aluno de ano inteiro

Compre aqui

Compre aqui!

O “aluno de ano inteiro” é atento às aulas e obedece uma rotina diária de estudo, ele transforma o momento da lição de casa em uma extensão proveitosa da sala de aula e justamente por isso obtém melhores resultados a longo prazo.

Entendido isso é preciso que a  criança tenha  basicamente 3 coisas:

– Um horário pré-estabelecido que não deve coincidir com nenhuma distração, citando minha casa como exemplo: não coincide com o horário do programa preferido de tv  e é depois que o irmão mais novo vai para cama.

– Um espaço específico para o estudo, claro, arejado e onde a criança tenha disponível todas as ferramentas necessárias para a execução das tarefas. Por exemplo: além do material escolar, revistas, livros paradidáticos e outros materiais de pesquisa, cola e tesoura sem ponta. cerifique-se de que não há por perto mais distrações como jogos eletrônicos e televisão.

– A sua paciência e disponibilidade. Ao final troque a pergunta “já fez a lição de casa”? por “o que você aprendeu com essa lição de casa?”

As mudanças aqui em casa estão surtindo efeito aos poucos, o stress tem sido menor, já o resultado de desempenho escolar conto para vocês depois das provas bimestrais.

Você tem filhos em idade escolar?

Como é a sua rotina? Conta aí nos comentários 😉

Anna Carla

Santista ”da gema”. Uma mulher dos anos 50 nascida em 73. Mãe da Sofia desde 2004 e do Joaquim desde 2010. Advogada formada pela Universidade Católica de Santos desde 2001. Costumo dizer que me interessam coisas legais em sentido amplo e estrito. Amo gatos, plantas e vida simples. Escrevo por prazer.
Veja o perfil completo.


Anna Carla

Anna Carla

Santista ”da gema”. Uma mulher dos anos 50 nascida em 73. Mãe da Sofia desde 2004 e do Joaquim desde 2010. Advogada formada pela Universidade Católica de Santos desde 2001. Costumo dizer que me interessam coisas legais em sentido amplo e estrito. Amo gatos, plantas e vida simples. Escrevo por prazer. Veja o perfil completo.

Comente

error: Copyright © 2006 - 2018 por Anna Carla Lourenço do Amaral - Todos os direitos reservados.