cotidiano

Te dedico…

Este domingo chuvoso e morrinhento em troca das noites mal dormidas, das cólicas, das manhas e manhãs, dos “bégos”, dos “hey ôh”, dos machucados seguidos de chororôs, dos desenhos mentirosos (meu pai é supermusculoso, rsrs), dos “refris” que desaparecem do seu copo, do pneu furado da bicicleta…

Pensando bem, acho que um domingo é pouco pra esse pai!

Te amamos ontem, hoje,  todos os dias e pra sempre!

Amor eu te agradeço por você ser esse pai maravilhoso e extremamente presente para os nossos filhos!

Anna Carla
Mãe, advogada e blogueira. Amo gatos, plantas e vida simples. Escrevo por prazer.

Comente