cotidiano

Alheia

Ah como eu queria estar assim, “low profile” de tudo…

Passar um café bem preto e desapegar-me de toda a ignorância e desamor que ronda esse mundo cão. Bebericá-lo aos goles na minha varanda vendo meu kalanchoe brotar….

Ensimesmar-me no infinito de mim mesma, sem ligar pra nada, sem ligar para o que os outros pensam…

Saber dizer não à vontade, pensar só em mim e no que me importa.

Queria me preservar, queria não ser tão apaixonada pelas “causas” que me movem.

Queria  que as injustiças me fossem invisíveis, mas não são.

Anna Carla
Mãe, advogada e blogueira. Amo gatos, plantas e vida simples. Escrevo por prazer.

Comente