cotidiano

É lamentável…

que existam tantas  pessoas que perdem tempo precioso idealizando um futuro impraticável e com isso, deixam de viver o presente em sua plenitude, perdendo a oportunidade valiosa de construir um futuro positivo e possível.

Talvez quando acordarem de seus delírios juvenis percebam que já é tarde demais e que não se tem mais 15 anos.

Quando se escreve a própria história devemos escolher as palavras com cautela, atenção, carinho. No livro da vida uma vez escrito não dá pra deletar.

O tempo não volta atrás porque você “esqueceu” a data da prova do vestibular, da entrevista de emprego bacana, do encontro com a namoradinha que pode vir a ser a mulher da sua vida.

Eu sinto muito, não quero matar os sonhos de ninguém mas, a máquina do tempo não existe.

 

Anna Carla
Mãe, advogada e blogueira. Amo gatos, plantas e vida simples. Escrevo por prazer.

Comente