cotidiano

Eu passei e deixei a porta aberta.

DSC04635

É como se eu tomasse um banho de cachoeira.

Enquanto meu corpo se limpa minha alma se funde com o brilho cristalino das águas e todo sentimento é purificado, a mente é varrida dos maus pensamentos. 

Enfim, me sinto grávida, plena.  De boas idéias, de bons sentimentos, de bons pensamentos e desejos de realizar.

E quando eu achei que não poderia passei pela porta deixando-a aberta como nunca antes esteve. Por esta porta passa a brisa do contentamento e das boas possibilidades.

Hoje me coloco numa postura ereta para caminhar rumo ao que eu desejo, levando a vida leve e flexível.

E bora conseguir o que se quer!

* foto tirada por mim no Parque Estadual Serra do Mar no início deste ano.

Anna Carla
Mãe, advogada e blogueira. Amo gatos, plantas e vida simples. Escrevo por prazer.

Comente