cotidiano

Como manter portas abertas?

EncruzilhadaSinto como se eu estivesse no meio de um caminho. Estou transitando entre dois mundos completamente diferentes e que me exigem da mesma maneira.

Agora, diante de exigências simultâneas, duvido um pouco da minha capacidade de conciliação. Gostaria de poder mas não sei se vou conseguir. Muitas dúvidas permeiam meu pensamento, a única certeza que tenho é que eu não quero me cobrar demais, o que eu quero é minha vida leve e flexível.

Penso em como eu poderei me abrir, afinal não pretendo simplesmente me esquivar de uma ou outra situação sem dar ao menos uma satisfação para o lado preterido.

Estou no meio de uma bifurcação precisando me decidir em qual caminho seguir, gostaria que não fosse uma escolha definitiva, gosto de passar deixando para trás portas abertas mas como diz a letra da canção…

Anna Carla
Mãe, advogada e blogueira. Amo gatos, plantas e vida simples. Escrevo por prazer.

Comente