cotidiano

Lei anti-fumo

Estão dizendo por aí que dançar sem fumar é chato, mas eu enquanto ex-fumante estou achando ótimo beber sem nenhuma fumaça por perto, comer então nem se fala!

Sabe o que é mais bacana? Chegar em casa depois de uma noitada e perceber que a sua roupa não tem nada além do seu próprio cheiro! Maravilha é não precisar lavar o cabelo antes de dormir. Aprovei!

Espero que surjam muitos romances e aventuras boas para todos aqueles que respeitarem a lei e se dignarem a a fumar lá fora.

Anna Carla
Mãe, advogada e blogueira. Amo gatos, plantas e vida simples. Escrevo por prazer.

Comente