cotidiano
Ele tinha dois lados.
Um selvagem e outro artista.
O primeiro precisava de controle para que o talento do segundo não fosse jogado pela janela.
Toda a filosofia oriental não foi suficiente para represar o primeiro e vez por outra a selvageria tranbordava, mas esta não deixava de ter sua beleza.
Anna Carla
Mãe, advogada e blogueira. Amo gatos, plantas e vida simples. Escrevo por prazer.

Comente