cotidiano

Lei federal circo sem animal

Acho que esta foi a melhor coisa que poderia ter acontecido para o circo no Brasil!
Na última quarta-feira levei minha pequena no Circo Spacial, pois ela ganhou um flyer de desconto na escola.
Saí de casa com a visão que tinha do circo em minha mente, aquele cheiro de ração e estrume misturado com pipoca, profissionais toscos explorando animais indefesos intervalados por palhaços sem graça.
Para minha surpresa encontrei um ambiente organizado, com profissionais bem vestidos, no estilo Cirque de Soleil executando apresentações fantásticas!
Eles simplesmente voam! Esqueça de vez aquele trapezista inseguro com rede de proteção, o que vi é totalmente diferente disso!
Perguntei pra minha filha (esperando que ela mencionasse o palhaço): o que você mais gostou? E ela disse: A bailarina que voa!
Sem dúvida é um espetáculo caro R$20,00 inteira e R$ 10,00 meia e crianças acima de 2 anos já pagam meia, mas se você tem “bala na agulha” vale o ingresso.
O Circo Spacial está em curta temporada ao lado da Portuguesa Santista, mais informações no site.
Anna Carla
Mãe, advogada e blogueira. Amo gatos, plantas e vida simples. Escrevo por prazer.

Comente