cotidiano
É curioso como ao mesmo tempo que se tem notícias boas (de gravidezes e nascimentos), sabe-se de infortúnios (doenças e mortes).
É como quando as lâmpadas de casa ficam fracas ou se queimam, precisam ser trocadas. Daí tratamos de comprar lâmpadas novas com mais capacidade de iluminar.
Assim, ao mesmo tempo que pessoas fantásticas nos pregam peças e adoecem, ou simplesmente sobem pro andar de cima sem aviso prévio; outras pessoas iluminadas recebem em seu ventre ou no seio de sua família a chance de aclarar este velho mundo com uma vida nova em folha.
Talvez seja Deus aplicando sua taxa de reposição, para que renovemos a esperança no futuro.
Anna Carla
Mãe, advogada e blogueira. Amo gatos, plantas e vida simples. Escrevo por prazer.

Comente