cotidiano

Tem um “quê” dentro de mim que precisa de liberdade.
Sou capaz de escutar seus gritos no meu silêncio: ”pede pra sair! Pede pra sair!”
Vivo me perguntando se preciso de ajuda para libertá-lo ou se basta abrir as portas do meu coração.
Às vezes transbordo e é nessas horas que me pergunto, será que eu preciso de ajuda? Será que eu dou conta disso sozinha?
Sempre dei conta, ou acho que dei, ou acho que não sei mais.
Dar conta das coisas sozinha muitas vezes cansa.
E eu estou tão cansada…
Inspiro e expiro profundamente, tentando libertá-lo nessa expiração…
Ainda não, talvez na próxima.
Vou continuar tentando.

Anna Carla
Mãe, advogada e blogueira. Amo gatos, plantas e vida simples. Escrevo por prazer.

1 thought on “

  1. Sim, dar conta sozinha e achar que pode segurar o mundo todo, cansa. E como cansa.
    Acho que todos nós precisamos de ajuda. Seja conforto, ou seja ouvidos. Basta deixar de ser mulher maravilha. Na verdade, ninguém é…

    Ah, abraços apertados pra você.

Comente