cotidiano

Vale a pena conferir!

Quem freqüenta esse espaço aqui sabe que tenho uma filha de quase quatro anos e que adoro passar um tempo de qualidade com ela. Um de meus hábitos preferidos é ler para ela antes de dormir e hoje vou falar de um livro que terminamos ontem de ler e que achei excelente!

É da Lya Luft, Histórias de Bruxa Boa, Sofia e eu curtimos à bessa!

Segue a sinopse:

“Com Histórias de Bruxa Boa, Lya explora um outro universo: o fantástico mundo do imaginário infantil. Inspirada em histórias que contou para sua neta Isabela, hoje com seis anos, a escritora criou personagens que vão encantar e divertir crianças e adultos. São cinco histórias que incluem inusitadas e divertidas sugestões de Isabela, portanto saídas diretamente da fantasia de uma criança… As ilustrações são da pintora e pediatra Susana Luft, mãe de Isabela e filha de Lya. A menina Tatinha morava no andar de cima de uma casa com papai e mamãe. No térreo morava sua avó, que, poucos sabiam, era uma bruxa boa chamada Lilibeth. Como toda bruxa boa, ela só fazia feitiço para proteger as pessoas e assustar as bruxas más que moravam num buraco feio, sujo e cheio de ratos, na esquina da rua. As bruxas más eram irmãs. A gordinha chamava-se Cara-de-Panela, a magra era a Cara-de-Janela. Tatinha era aprendiz de bruxa, ajudante de Lilibeth nessas histórias em que dois mais dois podem não ser quatro, o claro pode ser escuro e o sol pode virar lua.Em Histórias de Bruxa Boa, avó e neta embarcam com o leitor em aventuras deliciosas de gente como nós, numa casa divertida com uma família, empregadas que participam de tudo, bebês nascendo, uma avó voando numa vassoura, bruxas perversas que são derrotadas, bichos que falam, lobos, sereias e muita imaginação.”


Anna Carla
Mãe, advogada e blogueira. Amo gatos, plantas e vida simples. Escrevo por prazer.

Comente