cinema

Amor, eu recomendo.

Love actually

Quer coisa melhor do que colocar a cria na cama e assisitir um filminho ao lado do seu bem?
Melhor ainda se este filme tratar de um assunto tão deixado de lado nos dias de hoje, AMOR. Sim amiguinhos! Aquele amor que pode arrebatar qualquer um.
Pegue o seu caderninho aí e anote: “Love actually” ou “Simplesmente amor” é um filme do tipo filme de cabeceira, destes que é legal rever de vez em quando. Dirigido pelo até então roteirista inglês Richard Curtis (“O diário de Bridget Jones” – outro filme de cabeceira, diga-se de passagem), o filme tem além de um elenco ótimo e um Santoro que fala, um texto delicioso e momentos que nos levam às gargalhadas, sejam pela picardia dos atores ou pelo contexto surreal das cenas, alternados com momentos de extrema emoção.
Sem contar a incrível trilha sonora que reúne diversas perólas pop, arrematando com a obra-prima God Only Knows, dos Beach Boys!
É pra levantar do sofá acreditando que o amor ainda existe e está por aí, a gente é que não presta muita atenção.
Eu recomendo.
Anna Carla

Mãe, advogada e blogueira. Amo gatos, plantas e vida simples. Escrevo por prazer.

Comente